Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

25
Out20

Sandy contra o bullying alerta: “acho importantíssimo falar disso sempre”

foto: instagram

Sandy usou a sua conta do instagram para falar a respeito de um assunto importante com os fãs.

Acantora usou a rede social parar mostrar uma foto onde estava com uma camisola de combate ao bullying. 

Na legenda pode ler-se: “20 de outubro foi o ‘Dia Mundial de Combate ao Bullying’, mas eu acho importantíssimo falar disso sempre; principalmente em tempos de redes sociais, onde se normalizaram a grosseria, a falta de respeito e de consideração’.

“Onde parece ter sido esquecido que não é só o que se fala, mas como se fala. Onde, aparentemente, aceitar que nem sempre a gente entende a dor do outro e respeitar isso nem passa pela cabeça de muita gente”, prosseguiu.

Por fim, encerrou: “Se pra adulto é puxado, já parou pra pensar no psicológico das crianças e adolescentes? Não é legal! Não tem graça! Não faça!”.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

24
Out20

Português recebe medalha da rainha Isabel II

foto: https://magg.sapo.pt/

Maciel Vinagre chegou ao Reino Unido aos 18 anos, para trabalhar num restaurante e aprender a língua inglesa e “tentar uma vida melhor”.

Começou como empregado de limpeza no hospital de Ashford em 1997 e chegou ao atual posto de diretor adjunto em 2011. 

Hoje lidera cerca de 200 pessoas, entre os quais 30 portugueses. 

“Gosto do Reino Unido porque aqui dão valor à experiência, a pessoas dedicadas e empenhadas e menos aos títulos académicos. Reconhecem o mérito próprio”, disse à Lusa.

Maciel Vinagre, é madeirense de 45 anos, natural de São Vicente que foi um dos trabalhadores do serviço de saúde público britânico (NHS) reconhecido na lista deste ano de condecorações pelo aniversário da Rainha por serviços prestados durante a pandemia com a Medalha do Império Britânico (‘British Empire Medal’, designada pelo título BEM).

Estava no escritório e recebi um email do ‘Cabinet Office’ [ministério do Governo] a dizer que tinha sido distinguido na lista da Rainha. No princípio pensava que era mentira, só pode ser engano. Os meus colegas disseram-me para apagar porque podia ser fraude”, contou, entre risos, à agência Lusa.

“Nunca na vida pensei que poderia receber uma medalha destas”, confiou, ainda incrédulo, o diretor adjunto dos serviços de limpeza e restauração dos hospitais de Ashford e de St. Peter’s, no sudoeste de Londres, perto do aeroporto de Heathrow. 

A nomeação para a insígnia foi feita por colegas e superiores pelo “conhecimento e criatividade” que demonstrou para prevenir e conter a infeção pelo novo coronavírus dentro dos hospitais e proteger não só os doentes, mas também funcionários, introduzindo novas tecnologias e produtos.

O diretor médico dos hospitais, David Fluck, elogiou o português pela “forte liderança durante toda a pandemia numa equipa que desempenhou um papel fundamental na redução do risco de transmissão da covid-19 nos nossos hospitais”. 

“[Vinagre] introduziu mudanças na maneira como mantemos a limpeza dos nossos hospitais daqui para frente, o que vai proteger muitos pacientes e funcionários de perigo, mesmo após o fim da pandemia”, afirmou este responsável.

Uma das inovações foi a contratação de uma empresa especializada em desinfestação para aplicar através de vapor um produto desinfectante que encontrou e que mantém as superfícies livres de vírus e bactérias durante 30 dias.  

“Era um produto novo no mercado e não sabíamos se era eficaz. Mas contratámo-los para descontaminarem desde corredores a casas de banho e escadas em turnos de 24 horas por dia. Valeu a pena, o hospital tem uma das taxas de mortalidade mais baixas da zona”, congratulou-se. 

O português deparou-se com outro desafio quando, em plena crise, a enfermeira chefe pediu uma solução que permitisse esterilizar máscaras de proteção dos profissionais de saúde para serem reutilizadas porque não sabia se ia receber um novo abastecimento, uma situação que afetou vários hospitais no Reino Unido. 

“Mandei fazer uma linha tipo de secar roupa, pendurámos máscaras e esterilizámos 500 em três dias com luzes ultravioleta. Felizmente não foi preciso porque chegaram novas, mas se fosse preciso estava o processo pronto”, contou Vinagre à Lusa.

O português também foi elogiado pela forma como conseguiu recrutar rapidamente trabalhadores para compensar as ausências e também pela forma responsável e sensível como soube motivar os empregados de limpeza numa altura em que muitos estavam preocupados com o risco que eles próprios corriam. 

“Ele nunca quis ir para casa, quis continuar sempre a trabalhar. Esteve três semanas nos cuidados intensivos. Foi muito complicado porque os colegas ficaram com mais medo. Mas fizemos uma missa com um padre e a diretora teve uma reunião com os empregados para motivá-los e conseguimos”, explicou.

Só existem dois portugueses que foram agraciados pela Rainha Isabel II: a pintora Paula Rego, ordenada em 2010 Dama Oficial da Ordem do Império Britânico, e Lino Pires em 2013, proprietário de um restaurante, com uma BEM por serviços prestados à comunidade ao angariar fundos para causas sociais. 


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

23
Out20

Portugal: Passa a ser obrigatório uso de máscara na rua

O Parlamento aprovou esta sexta-feira o projeto-lei do PSD que impõe o uso obrigatório de máscara em espaços públicos durante pelo menos três meses, uma medida que poderá ser renovada. 

O diploma foi aprovado em votação final global, contando com com os votos favoráveis do PSD, PS e CDS. PCP, PEV, BE e a deputada Joacine Katar Moreira optaram pela abstenção. Iniciativa Liberal votou contra. 

O diploma determina que é obrigatório o uso de máscara aos maiores de dez anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas “sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”.

Estão dispensadas as “pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros” ou mediante a apresentação de um atestado médico de incapacidade multiusos ou declaração médica que ateste que a condição clínica ou deficiência cognitiva não permitem o uso de máscaras.

Também não é obrigatório o uso de máscara quando tal “seja incompatível com a natureza das atividades que as pessoas se encontrem a realizar”.

A fiscalização “compete às forças de segurança e às polícias municipais” e o incumprimento do uso de máscara constitui contraordenação, sancionada com coima entre os 100 e os 500 euros.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

22
Out20

Como usar a música para ter mais concentração

A música foi cientificamente comprovada como eficaz para ajudar quando alguém precisa concentrar-se. Sabe qual é a melhor música para estudar?

Quando se trata de estudar, saiba que nem todas as músicas são iguais. Os pesquisadores descobriram que a melhor música para concentração – independentemente do gênero – tinha uma batida consistente com um pulso constante e repetitivo.

A teoria que primeiro ligou a música à concentração foi chamada de Efeito Mozart. Como o foco desse estudo era a música clássica, muitos alunos presumem que esse gênero é o que se deve tocar durante as sessões de estudo.

Entretanto, uma pesquisa sobre o “Efeito Desfoque” descobriu que ouvir música agradável, teve um impacto maior no Efeito Mozart, independentemente do tipo.

Então chegaram à conclusão: ouvir música clássica, não é necessáriamente mais eficaz. O que importa é criar uma lista com músicas e géneros que você gosta.

Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

21
Out20

Mulher tosse para cima de passageiros após ser expulsa de avião

Uma mulher que seguia num voo EasyJet da Irlanda para a Escócia, ficou furiosa depois de ter sido expulsa do avião por se recusar a usar máscara de proteção. 

No vídeo que anda a circular pela internet, feito por outro passageiro, podemos ver a escocesa a ser expulsa de um avião da EasyJet, enquanto grita e ofende os passageiros, acabando por tossir propositadamente para cima de algumas pessoas enquanto grita: “Toda a gente morre! Seja de COVID ou não. Toda a gente!

Um porta-voz da companhia aérea afirmou que a EasyJet não tolera comportamentos erráticos com os passageiros e membros da tripulação. “Todos os passageiros são obrigados a trazer a sua própria máscara para o voo, que deve ser usada durante o embarque e a bordo do avião, exceto para comer ou beber”, explicou.

As autoridades colocaram a mulher sob custódia policial e está atualmente sob investigação.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

gosto botão