Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

31
Dez19

Feliz 2020!

A equipa da Rádio TugaNet deseja aos seus leitores e ouvintes um fantástico 2020, cheio de realizações pessoas e profissionais. Que nunca falte a saúde, o amor, a paz e a solidariedade!

imagem do pinterest

31
Dez19

Como vão ficar as pensões de reforma após o brexit?

31 de janeiro de 2020 é a data de saida da união europeia para o Reino Unido. A pergunta que tem atormentado os trabalhadores é: e agora, como fica a minha reforma?

Segundo o jornal “El Economista”, será necessário renovar os acordos existentes a nível europeu com o Reino Unido, algo que alguns Estados-Membros já fizeram nos últimos meses, para confirmar as condições e procedimentos laborais, como os contratos, residência ou emprego, contribuições e, por fim as pensões. 

Por exemplo, se um trabalhador estrangeiro residir no Reino Unido há 20 anos e deseja regressar ao seu país de origem para continuar sua carreira, as contribuições pagas ao sistema público nos 20 anos em que esteve no Reino Unido são automaticamente reconhecidas pela Segurança Social, para que esse trabalhador, quando se reformar, não sofra perdas ou anos de contribuições.

A dúvida está em saber qual será o regime de residência dos trabalhadores europeus no Reino Unido e, consequentemente, o seu direito de contribuir para o sistema britânico.

As autoridades comunitárias confirmam que, após o Brexit, serão respeitados os direitos adquiridos das pessoas que trabalham em território britânico ou europeu que foram embora voluntariamente ou que foram deslocadas pelas suas empresas. Ao mesmo tempo, os direitos futuros que podem ser adquiridos também são garantidos com base no trabalho realizado antes dessa data, ou seja, no reconhecimento das pensões do país onde o empregado se reformou.

noticia adaptada e imagem do site jornaleconomico

31
Dez19

Greta Thunberg não perde tempo com Trump

Greta Thunberg disse que conversar com Trump na cúpula da ONU seria uma perda de tempo.

A jovem parece que não se importa muito com os ataques pessoais que sofre e que espera voltar a ter uma vida normal.

Quando lhe perguntaram o que teria dito ao presidente americano disse:

“Sinceramente, acho que não teria dito nada, porque obviamente ele não está ouvindo os cientistas e especialistas, então por que me ouviria?”

“Então eu provavelmente não teria dito nada, não teria perdido meu tempo”, acrescentou.

noticia adaptada e imagem do site mixvale

30
Dez19

Portugal poderá perder 100 mil turistas britânicos se o brexit correr mal

De acordo com um estudo da Comissão Europeia de Viagens, Portugal poderá perder quase 6% de visitantes britânicos em 2021.

É que caso a saída do Reino Unido seja concretizada através do pior cenário, Portugal deverá perder 5,8% de turistas daquele país.

Se pensam que as coisas vão ficar feias no nosso país, na Espanha as coisas não vão correr melhor. "Espanha é o país mais afetado em número de viajantes, enquanto a Islândia regista a maior perda em termos percentuais", disse o tal estudo.

De acordo com o estudo, entre janeiro e julho deste ano a chegada de turistas internacionais aumentou 8,3% em Portugal, em termos homólogos.

noticia adaptada e imagem tirada do site jornaldenegocios

gosto botão

Pág. 1/22