Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

19
Fev20

Portugal considera “injustificada” a decisão da Venezuela sobre a TAP

tap.jpg

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, diz que é “inamistosa” e “injustificada” a decisão das autoridades de Caracas que suspenderam por 90 dias as operações da companhia aérea portuguesa TAP.

“Completamente infundamentada e injustificada. Não vejo nenhuma espécie de justificação, seja pelo histórico da TAP na Venezuela, pelo muito que a TAP já deu e por não haver nenhum indício. Por não ter sido apresentado nenhuma prova que seja possível de escrutinar de forma objetiva, que não sejam apenas alegações”, disse hoje à Lusa o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Augusto Santos Silva, lembra que “quando houve uma alegação da parte de um dirigente venezuelano de que teria havido um transporte de explosivos a bordo de um avião da TAP, as autoridades competentes em Portugal determinaram a abertura de um inquérito”, que ainda decorre.

Na semana passada, o governo venezuelano acusou a TAP de ter violado “padrões internacionais”, por alegadamente ter permitido o transporte de explosivos e por ter ocultado a identidade do líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, num voo para Caracas.

Para a diplomacia portuguesa a decisão prejudica “imenso” os próprios venezuelanos visto que a TAP “era uma das raras companhias do mundo com voos regulares para Caracas” prejudicando “sobremaneira” a comunidade portuguesa que, segundo Santos Silva, “não merece esta atitude” por parte do governo venezuelano.

noticia adaptada do site 24sapo.pt

18
Fev20

Reino Unido não aceita supervisão e regras europeias no pós-Brexit

David Frost, o negociador-chefe do pós-brexit disse que o Reino Unido rejeita a supervisão ou qualquer tipo de regras europeias. Até porque rejeitar qualquer intromissão da UE em regras e regulamentos britânicos “é o objetivo de todo o projeto” de deixar o bloco após 47 anos, e reiterou a recusa em estender as negociações com Bruxelas para além do final de 2020.

“Pensar que poderíamos aceitar a supervisão da UE [União Europeia] nas chamadas questões de igualdade de condições equitativas é ignorar o que estamos a fazer”, afirmou na universidade ULB de Bruxelas.

No dia 01 janeiro de 2021, disse, “recuperamos completamente a nossa independência política e económica – por que quereríamos adiá-la?”

A UE disse que deseja uma relação comercial estreita com o Reino Unido, mas apenas se este aceitar condições equitativas para as empresas, desde normais ambientais e laborais a respeitar regras sobre subsídios estatais.

O Reino Unido manifestou o desejo de negociar um acordo de comércio livre semelhante ao que foi negociado por Bruxelas com o Canadá, que removeu 98% das tarifas sobre bens e que inclui o respeito de algumas regras, mas não implica um alinhamento “dinâmico”, que acompanhe conforme a UE introduza mudanças.

noticia adaptada do site impala.pt

17
Fev20

A tempestade Dennis continua a fazer estragos

A tempestade Dennis está a afetar o Reino Unido e países como a Islândia e a Escócia, já estão em alerta.

Foram registadas rajadas de 200 km/h, na Islândia e na Escócia, a agitação marítima também é preocupante.

Já foram registadas  mortes no sudeste de Inglaterra, e há centenas de voos a serem cancelados. Vários comboios também estiveram parados, devido às inundações.

A intensa precipitação aumenta o risco de inundação e a cidade portuária de Tredegar, no sudeste do País de Gales acumulou uma impressionante pluviosidade de 105 milímetros, o equivalente a 105 litros por m2.

Foram construidas barreiras de proteção contra as inundações que afetaram a região de Calder Valley, em West Yorkshire. Os avisos de tempo adverso manter-se-ão, pelo menos, até amanhã.

noticia adaptada do site tempo.pt

 

boasemana.jpg

 

gosto botão

Pág. 1/5