Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

25
Jun20

Feiras são canceladas em Lisboa

foto: informações e serviços lisboa

Devido ao surto da Covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo, a Câmara Municipal de Lisboa decidiu que “está interdita a realização de feiras na área do Município de Lisboa”.

Esta medida implica o cancelamento das feiras do Relógio, da Ladra e das Galinheiras.

Nos termos da resolução, na Área Metropolitana de Lisboa foram determinadas medidas especiais e de caráter excepcional, nomeadamente: “… acesso, circulação ou permanência de pessoas em espaços frequentados pelo público, bem como as concentrações de pessoas na via pública, encontram-se limitados a 10 pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar.”

Até nova avaliação, mantém-se em vigor a suspensão das feiras.

 


 

Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

24
Jun20

Covid-19: vacina inglesa começa a ser testada no Brasil

A vacina contra o novo coronavírus, desenvolvida pela Universidade de Oxford, do Reino Unido, começou a ser testada no Brasil.

Os testes começaram no Estado de São Paulo, o mais populoso do Brasil, no passado fim de semana,depois de ter a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável por fiscalizar testes e medicamentos.

A iniciativa é liderada pelo Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e tem o apoio financeiro da Fundação Lemann, do bilionário brasileiro Jorge Paulo Lemann

A Fundação Lemann já saudou a iniciativa e disse:

“Os especialistas têm um importante caminho a percorrer antes que possam celebrar bons resultados. O que virá a seguir, ainda não sabemos”.

Um grupo de 2000 pessoas no Brasil começou a ser testado, tornando-o o primeiro país a iniciar testes em humanos fora do Reino Unido para avaliar a imunização contra o Sars-Cov-2.

23
Jun20

Devido ao aumento de novos casos, governo lança medidas especiais

Devido ao número preocupante de novos infetados, o Conselho de Ministros aprovou um conjunto de regras para diminuir os comportamentos de risco na região de Lisboa e Vale do Tejo:

– o acesso, circulação ou permanência de pessoas em espaços frequentados pelo público, bem como as concentrações de pessoas na via pública, encontram-se limitadas a 10 pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar.

– todos os estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços, bem como os que se encontrem em conjuntos comerciais, encerram às 20 horas, com exceção dos estabelecimentos de restauração exclusivamente para efeitos de serviço de refeições no próprio estabelecimento. Excetuam-se, ainda, os estabelecimentos de restauração e similares que prossigam a atividade de confeção destinada a consumo fora do estabelecimento ou entrega no domicílio, diretamente ou através de intermediário, os quais não podem fornecer bebidas alcoólicas no âmbito dessa atividade.

– é proibida a venda de bebidas alcoólicas nas áreas de serviço ou nos postos de abastecimento de combustíveis localizados na Área Metropolitana de Lisboa.

– é proibido o consumo de bebidas alcoólicas em espaços ao ar livre de acesso ao público, excetuando-se os espaços exteriores dos estabelecimentos de restauração e bebidas devidamente licenciados para o efeito.

– a atividade operacional das forças e serviços de segurança e dos serviços de socorro a operar na Área Metropolitana de Lisboa, no âmbito da execução do presente regime, pode ser reforçada, em caso de necessidade, por efetivos de outras áreas geográficas, em articulação com a estrutura municipal de proteção civil.

“Quem não respeitar alguma destas regras, e logo na sequência da primeira violação, será determinado o crime de desobediência. A pessoa indicada será imediatamente autuada”, revela fonte do governo.

A lista de contraordenações, sairá na quinta-feira, 25 de junho, em Conselho de Ministros. Adicionalmente, serão aplicadas medidas de reforço da proteção civil nas freguesias dos concelhos cuja situação é mais preocupante: Lisboa, Sintra, Amadora, Loures e Odivelas.

22
Jun20

Guitarra de Kurt Cobain bate recorde de vendas em leilão

foto: dw.com

Lembra-se do concerto acustico que os Nirvana gravaram para a MTV? A guitarra acústica que Kurt Cobain usou para o concerto gravado em novembro de 1993, foi vendida em leilão, por 6 milhões de dolares (5,3 milhões de euros), a Peter Freedman, diretor executivo da Rode Microphones.

A leiloeira Julien declarou que a guitarra Martin D-18E de 1959, usada por Cobain, está num estojo em mau estado.

Esta venda passa a ser um novo recorde mundial, já que a venda mais cara de uma guitarra em leilão pertencia a David Gilmour: uma Stratocaster que foi vendida o ano passado, por 3,5 milhões de euros.

De recordar que o casaco usado pelo músico (visivel na foto do artigo) também foi vendido em leilão o ano passado por 334 mil dólares, em Nova Iorque.

21
Jun20

Atentado em Inglaterra causa 3 mortos

Três pessoas morreram e sete ficaram feridas após serem esfaqueadas na noite deste sábado (20) num parque na cidade de Reading, no sul da Inglaterra. A polícia britânica confirmou o “incidente grave” no Parque Forbury Gardens. Um homem foi preso.

foto: wikipedia

Durante a manhã, o parque tinha reunido manifestantes do protesto antirracista do movimento “Black Lives Matter” (Vidas negras importam). Segundo a polícia, “não há indício de que o incidente esteja relacionado ao protesto ‘Black Lives Matter’ que ocorreu hoje em Reading”.

Testemunhas contaram que um homem na casa dos 20 anos, esfaqueou várias pessoas que estavam sentadas na relva.

A policia pediu para as pessoas ficarem longe da área. A cidade fica a cerca de 1 hora de Londres, capital do país.

“Estamos cientes dos relatos de um incidente no [Parque] Forbury Gardens, em Reading. Policiais estão no local e investigam o incidente. A polícia chegou por volta das 19h, juntamente com outros serviços de emergência. Os policiais prenderam um homem no local que agora está sob custódia da polícia.”

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, declarou que os pensamentos dele “estão com todos os afetados pelo terrível incidente em Reading” e agradeceu “aos serviços de emergência”.

Este domingo de manhã a polícia declarou que não está para já, a considerar este ataque como de origem terrorista. “Os factos não são, neste momento, considerados de natureza terrorista”, mas os investigadores “mantêm em aberto qualquer possibilidade quanto aos motivos” do ataque e estão a trabalhar com a polícia antiterrorista, declarou, em comunicado o comissário-chefe Ian Hunter.

gosto botão