Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

31
Jul20

Metade dos emigrantes podem desistir das férias em Portugal

De acordo com o Governo, metade dos emigrantes desistiu de fazer férias em Portugal. A principal razão prende-se com pressões feitas pelos seus empregadores.

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas informa que entre 40% a 50% dos emigrantes não visitará Portugal durante este mês de agosto. Os dados têm por base informações transmitidas à tutela “por pessoas das comunidades” de emigrantes.

Berta Nunes diz que a principal razão que tem desmotivado a vinda de emigrantes a Portugal é a pressão feitas pelos empregadores. Alguns patrões avisam que se os trabalhadores tiverem de cumprir quarentena, esse período não será pago.

A maioria das situações reportadas aconteceu na Suíça e Alemanha, embora “possam estar a acontecer noutros locais”.

“Nos países onde temos as maiores comunidades — França, Alemanha, Luxemburgo, Suíça e Espanha — não há expetativa de que haja qualquer problema de fronteiras tanto na vinda como na ida”, afirmou Berta Nunes.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

30
Jul20

Portugal vai receber cerca de 200 repatriados da Venezuela

Portugal espera repatriar amanhã mais 200 cidadãos nacionais que ficaram retidos na Venezuela devido à quarentena preventiva da covid-29, disse Licínio Bingre do Amaral, o cônsul-geral de Portugal em Caracas.

“São à volta de 200 portugueses que vão viajar neste voo, a esmagadora maioria com destino ao Funchal. Temos cerca de 40 italianos, alguns venezuelanos e espanhóis, no voo do dia 31”, disse Licínio Bingre do Amaral.

O diplomata explicou que para as pessoas que pretendam ser repatriadas da Venezuela “continua a ser obrigatório que tenham residência” em Portugal.

Como há sempre exceceções, no caso “de pessoas que têm uma situação de saúde muito complicada e têm de ir fazer tratamento médico”, podem vir para Portugal.

O consul garante que tem havido total cooperação entre as autoridades: “Desde o Ministério dos Negócios Estrangeiros venezuelano à vice-presidência, na parte da autorização dos voos, tem sido excelente. E o vice-ministro dos Transportes Aéreos, o almirante Vieira Acevedo, tem sido muito, muito, colaborador e deu-nos todo o apoio para a elaboração dos voos até este momento”, adiantou.

Desde março, 257 portugueses foram repatriados da Venezuela, 181 deles em 13 de junho, num voo organizado por Portugal.

Pelo menos 76 portugueses regressaram a Portugal noutros voos organizados pela União Europeia, Espanha e França.

O novo voo, organizado por Portugal, está marcado para a próxima sexta-feira e “o custo de cada bilhete de avião é de 821 euros”, afirmou Licínio Bingre do Amaral.

Quem quiser ser repatriado deve informar o consulado e enviar uma fotocópia do passaporte português. No caso dos cidadãos com dupla nacionalidade, também é preciso uma cópia do passaporte venezuelano.

Devem ainda apresentar comprovativos de residência em Portugal ou noutro país europeu, indicar a cidade e morada completa onde se encontram atualmente na Venezuela, um endereço de ‘e-mail’ e números de telefones fixos e de telemóvel.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

29
Jul20

Covid-19: Remdezivir é autorizado na UE

A UE assinou um contrato com a Gilead para “garantir doses de tratamento de Veklury, a marca comercial da Remdesivir”, depois de este ser sido o “primeiro medicamento autorizado a nível da UE para o tratamento da Covid-19”.

Assim, “a partir do início de agosto, e a fim de satisfazer necessidades imediatas, serão disponibilizados aos Estados-membros e ao Reino Unido lotes de Veklury, com a coordenação e o apoio da Comissão”, acrescenta a Comissão Europeia.

Os 63 milhões de euros, são financiados pelo Instrumento de Apoio de Emergência da Comissão Europeia, para garantir o tratamento de cerca de 30 mil pacientes que apresentam sintomas graves de Covid-19.

“Isto ajudará a cobrir as necessidades atuais ao longo dos próximos meses, assegurando simultaneamente uma distribuição justa a nível da UE, com base numa chave de repartição, tendo em conta as recomendações do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças”, explica a Comissão Europeia.

No início de julho, o Remdesivir foi autorizado pela Agência Europeia de Medicamentos como o primeiro tratamento da covid-19, usado para curar adultos e adolescentes a partir dos 12 anos de idade com pneumonia que necessitam de oxigénio suplementar.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

28
Jul20

Cientista português procura vida em Marte

André Antunes é um cientista português que começou a trabalhar em setembro na Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau (MUST). O meu papel e o da unidade de astrobiologia que foi recentemente criada (…) é informar (…) e preparar (…) as condições técnicas e laboratoriais necessárias para o sucesso de futuras missões chinesas à procura de vida em Marte e noutras partes do sistema solar”, explicou.

A Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau (MUST), onde trabalha o professor André Antunes, disse que a “missão é muito importante no âmbito da recolha de dados (…), nomeadamente a nível de gelo de água existente no subsolo” de Marte, até porque “a água é essencial para a vida como (…) a conhecemos”.

Antunes disse: “Tendo em conta que a água a existir em Marte será água com elevado conteúdo de sal, é essencial investigarmos ambientes com elevado conteúdo de sal também no nosso planeta”.

“Temos atualmente saídas de campo, recolhas de amostras programadas para Cabo Verde, interior da China, salinas em Aveiro, salinas que existem no interior de Espanha, porque todas elas têm condições que são extremamente interessantes e bastante úteis para o estudo de Marte”.

O objetivo é procurar “ambientes existentes na Terra que têm condições parecidas” àquelas que podem ser encontradas em Marte ou em outras partes do sistema solar”.

A MUST está envolvida na missão chinesa que vai explorar Marte, após Pequim lançar na quinta-feira uma sonda para pousar no planeta vermelho.

A China lançou na quinta-feira uma sonda no planeta vermelho, feito alcançado apenas pelos Estados Unidos até agora.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

27
Jul20

Covid-19: Bolsonaro alvo de queixa por parte dos profissionais de saúde

(Brasília – DF, 20/09/2019) Palavras do Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos/PR

Os profissionais da saúde do Brasil apresentaram uma queixa contra o presidente Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional (TPI), em Haia (Países Baixos), devido à forma como lidou com a pandemia.

A queixa, apresentada por um conjunto de 60 sindicatos  e movimentos sociais – a maioria deles de profissionais de saúde, sob a liderança da Rede Sindical UniSaúde – afirma que o presidente brasileiro cometeu crimes contra a humanidade através de “falhas graves e mortais na condução da pandemia de Covid-19”.

“A materialidade dos crimes cometidos”, pode ler-se, “está devidamente confirmada”, considerando que “as ações e omissões do senhor Presidente da República afetam de forma grave a saúde física e mental da população, colocando-a a situação de risco a um vírus de alta letalidade e, com capacidade de disseminação incontrolada com risco de morte ou sequelas irreversíveis“.

Os profissionais acham que o comportamento de Bolsonaro foi “irresponsável” e consideram uma “afronta às orientações das autoridades internacionais de saúde”, colocando milhões expostos ao vírus. 

Bolsonaro já foi alvo de outras quatro queixas no tribunal. Três das quais acusam o presidente brasileiro de crime contra a humanidade devido a atuação durante a crise sanitária. A quarta o denuncia “crimes contra a humanidade e atos que levam ao genocídio de comunidades indígenas e tradicionais” do país.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

gosto botão

Pág. 1/7