Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

31
Out20

Hoje é o dia das Bruxas!

Dia das Bruxas, ou Halloween, é comemorado todos os anos no dia 31 de outubro.

Neste dia, crianças e adultos mascaram-se com visuais assustadores e percorrem as ruas em grupo, batendo de porta em porta a pedir guloseimas às pessoas.

Quando a porta abre devem dizer “doçura ou diabrura?”. Se as pessoas não lhes derem doces ou guloseimas, as crianças têm permissão para fazer uma travessura.

Como começou esta festa?

O Dia das Bruxas é uma celebração pagã, que surgiu há mais de dois mil anos. Teve origem no povo celta, que festejava no seu calendário o fim do verão, o início do Ano Novo e as boas colheitas do ano. A comemoração original chamava-se Samhain, que significa “fim de verão”.

Anos depois, no Reino Unido, a data passou a marcar o Dia de Todos os Santos, daí ter surgido o nome Halloween, pois este resulta da junção dos termos hallow, que significa “santo”, e eve, que significa “véspera”

Com o passar do tempo, os romanos adotaram a festa e a igreja católica criou o Dia de Todos os Santos, no dia 1° de novembro, sugerindo a troca da celebração de todas as almas pela homenagem aos santos cristãos. Assim, o nome Halloween também surgiu nessa época. A data foi nomeada num tipo de inglês arcaico All-hallows, que significa all saint’s day (dia de todos os santos).

Quando os imigrantes irlandeses levaram o costume celta para a América, a data passou a integrar o calendário popular de festejos.

Em Portugal também se celebra o Halloween, sobretudo pelas crianças e jovens, que saem às ruas para fazer travessuras.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

30
Out20

Referendo aprova eutanásia na Nova Zelândia

lei, que foi aprovada em 13 de novembro de 2019 no Parlamento, com previsão de que fosse aprovada em referendo, entrará em vigor a 6 de novembro de 2021 na Nova Zelândia, país onde quase metade dos habitantes se declaram não religiosos e mais de um terço são cristãos.

A partir de novembro, um médico poderá administrar um medicamento letal a um adulto que tenha, no máximo, um prazo de seis meses de vida e seja vítima de uma doença terminal insuportável, desde que o paciente tenha feito o pedido de forma consciente e voluntária, explica a agência Efe.

A Nova Zelândia “será mais gentil, mais compassiva e uma sociedade mais humana. Milhares de neozelandeses que enfrentam mortes horríveis terão escolha, dignidade, controlo e autonomia sobre os seus próprios corpos, sob a proteção da lei”, escreveu no Facebook o líder do partido ACT, David Seymour, que apoiou a medida.

Neste referendo, 33,8 por cento manifestaram-se contra a eutanásia, visto que muitos consideraram que não havia salvaguardas suficientes para evitar pressões contra os doentes terminais ou tempo suficiente para reflexão entre a tomada de decisão e o concluir do processo.

Embora a eutanásia seja legal noutros países, a Nova Zelândia é o primeiro a aprová-la por referendo.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

29
Out20

Voos de Portugal já podem entrar sem restrições na Suíça

A Suiça decidiu levantar hoje as restrições à entrada de pessoas provenientes da maior parte de países e regiões que constavam da sua lista negra, incluindo Portugal.

Agora, os nacionais ou viajantes provenientes desses países deixam de ter de cumprir uma quarentena de 10 dias à chegada, sob pena de uma multa de dez mil francos suíços (9.350 euros).

Para decidir se um Estado ou uma zona apresenta um risco elevado de infeção, consideram-se as novas infeções por 100 mil pessoas nos últimos 14 dias.

Se a incidência no país em causa exceder em pelo menos 60 a da Suíça — mais de 760 por 100 mil habitantes, segundo os números mais recentes -, o país é inscrito na lista negra.

A partir de hoje, dia 29 de outubro, “e com uma duração indeterminada”, as discotecas e as casas noturnas estão fechadas, ao passo que restaurantes e bares fecham às 23:00.

Todas as manifestações com mais de 50 pessoas e todas as atividades desportivas e culturais não profissionais com mais de 15 pessoas são proibidas.

A Suíça vai também autorizar a partir de 02 de novembro a realização de testes rápidos.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

28
Out20

Hoje é o Dia Mundial da Terceira Idade

O Dia Mundial da Terceira Idade celebra-se a 28 de outubro.

Este dia pretende chamar a atenção para a situação económica e social da população idosa. As pessoas mais idosas são as que passam mais tempo sozinhas. Muitos idosos vivem em carência económica e isolados dos seus familiares, ao abandono, em lares de terceira idade ou em casa.

Os idosos são pilares no seio da família, eles são responsáveis pela transmissão de valores e de conhecimentos aos mais novos, funcionando como um ponto de equilíbrio familiar, ajudando à criação dos mais novos da família.

Neste Dia Mundial da Terceira Idade, o destaque vai todo para os idosos, com a realização de atividades como encontros de idosos e crianças, colóquios sobre problemas dos idosos como maus-tratos, entre outras iniciativas.

Portugal é o terceiro país da União Europeia em rácio de idosos para jovens, só superado por Itália e Alemanha.

Portugal é o terceiro país da União em rácio de idosos para jovens: 153 idosos para cada 100 jovens, só superado por Itália e Alemanha.

Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

27
Out20

Uso obrigatório de máscara entra em vigor amanhã!

Foi publicado o decreto-lei que obriga o uso de máscara nos espaços e vias públicas sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável.

O diploma entra em vigor na quarta-feira, dia 28 de outubro. Quer isto dizer que a partir de amanhã e durante os próximos 70 dias os cidadãos serão obrigados a utilizar máscara na rua – caso não consigam garantir o devido distanciamento – em virtude de se evitar a propagação da Covid-19. 

“A presente lei determina, a título excecional, a obrigatoriedade do uso de máscara para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas”, pode ler-se no diploma. “É obrigatório o uso de máscara por pessoas com idade a partir dos 10 anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”, determina a lei. 

O decreto-lei aplica-se em todo o território nacional e foi publicado depois de o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ter promulgado o diploma da Assembleia da República na segunda-feira. 

Com a publicação esta terça-feira em Diário da República e entrada em vigor no dia 28 de outubro, a obrigatoriedade manter-se-á até 5 de janeiro. “A presente lei vigora pelo período de 70 dias a contar da data da sua entrada em vigor, e é avaliada, quanto à necessidade da sua renovação, no final desse período”, estabelece o diploma. 

As exceções previstas na lei para esta obrigatoriedade são as seguintes: 

a) Mediante a apresentação:

  • De atestado médico de incapacidade multiusos ou de declaração médica, no caso de se tratar de pessoas com deficiência cognitiva, do desenvolvimento e perturbações psíquicas;
  • De declaração médica que ateste que a condição clínica da pessoa não se coaduna com o uso de máscaras;

b) Quando o uso de máscara seja incompatível com a natureza das atividades que as pessoas se encontrem a realizar;

c) Em relação a pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros.

Quanto à fiscalização, a mesma ficará à responsabilidade das forças de segurança e das polícias municipais, “cabendo-lhes, prioritariamente, uma função de sensibilização e pedagogia para a importância da utilização de máscara em espaços e vias públicas quando não seja possível manter a distância social”, pode ler-se no diploma. 


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

gosto botão

Pág. 1/6