Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

A nossa live

30
Nov20

Contra o ódio e a agressão gratuita na internet

foto: https://jornaleconomico.sapo.pt/en/news/sic-lamenta-decisao-abrupta-e-surpreendente-de-cristina-ferreira-614950

O prometido é devido!
Cristina Ferreira lançou mesmo uma petição na internet com o objetivo de chegar ao Exmo. Sr. Presidente da República, Exmo. Sr. Presidente da Assembleia da República e ao Exmo. Sr. Primeiro Ministro.

Cristina não nega que a internet tem coisas boas: “A internet trouxe possibilidades extraordinárias, das quais eu e muitos de nós, publicamente ou em privado, beneficiamos.” mas não deixa de ser um “território sem lei”.

“Discursos de ódio multiplicam-se” bem como “A maldade grassa, o fel destila”, continuou. Isto porque “alguns tomaram liberdade de expressão como sinónimo de liberdade de agressão e usam o violentar do outro através da ofensa constante”.

Mais do que nunca, é preciso relembrar que a Declaração Universal dos Direitos Humanos, diz que todos têm direito a proteção contra a discriminação e as vítimas devem ser protegidas pela lei.

Cristina garante que o dinheiro do livro «Pra Cima de Puta» onde mostra várias mensagens que recebe nas redes sociais será todo doado.

Para assinar a petição é só clicar aqui


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

29
Nov20

Cristina Ferreira pede que o bullying digital seja devidamente punido

Cristina Ferreira, CC BY-SA 4.0 , via Wikimedia Commons

Cristina Ferreira esteve no ‘Jornal das 8’ para dar o seu testemunho e opinião acerca do bullying digital.  

A apresentadora revelou que todas as receitas do seu livro, vão ser entregues a associações que combatem o bullying. “Qualquer euro que este livro possa vir a dar não me será entregue a mim, será entregue a quem ao meu lado luta neste momento pela dignidade dos outros”, garantiu. 

Cristina tem sido em Portugal das pessoas mais visadas pelo cyberbullying: “Não são críticas, são injurias, são ofensas, são uma tentativa clara de destruir a minha moral, destruir aquilo que eu sou profissionalmente, destruir aquilo que eu sou pessoalmente”. 

Apesar de ser forte e aguentar com as criticas, Cristina diz que o seu livro é tambem uma forma de alertar para o bullying cada vez mais intenso e feroz. . “É que a mim não me dói, mas tenho muito medo que doa a outras pessoas. E que elas não resistam a isto“, disse emocionada.

Os últimos dias não têm sido fáceis. Não só por ela mas principalmente pelas pessoas que ama e vão ler as coisas ditas sobre si: “Tem sido muito difícil lidar com uma campanha destrutiva. O meu filho lê todos os dias, o meu pai lê todos os dias, a minha família lê todos os dias… eles sabem a pessoa que têm na família e não é isto“. 

Para finalizar, Cristina Ferreira deseja que a lei seja devidamente aplicada ou até mesmo, que se criem novas leis se necessário. No caso de isso não acontecer, Cristina promete que será criada em breve uma petição pública para que o bullying digital passe a ser punido.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

28
Nov20

Teste poderá detetar mais de 50 tipos de cancro precocemente

Com uma simples análise ao sangue, pode vir a ser detetado mais de 50 tipos de cancro de forma precoce.

O teste que permitirá esse diagnóstico, chama-se Galleri e está a ser desenvolvido pelo Serviço Nacional de Saúde britânico. Até agora 7 mil participantes, com cancros em diferentes fases de desenvolvimento, têm sido testados e os resultados são promissores.

O objetivo será salvar vidas com um diagnóstico rápido e eficaz.

“Este teste promissor pode revolucionar a oncologia, ao ajudar milhares de pessoas a terem um tratamento bem-sucedido”, disse o diretor do Serviço Nacional de Saúde britânico, Simon Stevens, ao The Guardian.

Está previsto que o Galleri seja testado em mais de 165 mil pessoas em Inglaterra a partir de meados do próximo ano. Os voluntários, com idades entre os 50 e os 79 anos, vão ser escolhidos de forma completamente aleatória. 140 mil, a maioria, são pessoas sem sintomas, que têm de fazer uma análise ao sangue todos os anos durante três anos. Os restantes voluntários são escolhidos por médicos como possíveis doentes oncológicos e que, além da análise ao sangue, têm de fazer mais exames.

Todos os anos são cerca de 200 mil novos casos no Reino Unido, muitos deles demasiado tarde..

Nos próximos três anos, a Inglaterra vai recrutar um milhão de pessoas para um estudo mais profundo. A Grail, uma empresa norte-americana já se mostrou interessada e poderá implementar o teste como rotina, até ao final desta década.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

27
Nov20

BRASIL E HONG KONG NO TOP 10 DE VISTOS CONCEDIDOS NA UE

Segundo o Eurostat, o gabinete estatístico da UE, no ano passado foram emitidas perto de três milhões de autorizações de residência (de primeira instância) por razões familiares, educacionais ou outras (como proteção internacional a cidadãos extracomunitários).

Portugal foi o 9.º Estado-membro da UE que mais vistos de residência aprovou (93.475), superado pela Polónia (724.416), Alemanha (460.340), Espanha (320.037), França (285.086), Itália (175.857), República Checa (117.071), Holanda (102.132) e Suécia (101.704).

Em relação às nacionalidades, a China (incluindo Hong Kong) foi um dos 10 principais países emissores, com 109.919 vistos de residência aprovados, 2.175 dos quais em Portugal.

O Brasil, teve um total de 101.149 pedidos aprovados, 48.796 dos quais (quase metade) em Portugal!

Os chineses procuraram novos países por causa da educação, enquanto os brasileiros procuraram mais a UE por razões familiares.

Em 2019, o número de autorizações aprovadas (cerca de três milhões) subiu 6% (mais 163 mil) em comparação com o ano anterior, mantendo assim a tendência registada desde 2013.

Só o emprego (cujos vistos subiram 214 mil ou 22%) foi o motivo de 40% do total de aprovações.

Razões familiares (27%) e educacionais (14%), enquanto outros, como a proteção internacional, representaram 18%.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

26
Nov20

Revelada causa da morte de Maradona

Diego Armando Maradona morreu, nesta quinta-feira, aos 60 anos, na cidade de Tigres, na Argentina. 

No relatório da autópsia revelado pelo diário Olé, a antiga lenda do futebol argentino morreu devido a uma “insuficiência cardíaca aguda, em um paciente com miocardiopatia dilatada, insuficiência cardíaca congestiva crónica e que gerou, por sua vez, um edema agudo do pulmão”.

A autópsia foi realizada na morgue de San Fernando, depois de a Câmara de San Isidro solicitar autorização à família para realizar o referido exame.

O que se passou no dia antes de Maradona morrer

Segundo o mesmo diário, Maradona como habitualmente, levantou-se cedo, tomou o pequeno-almoço, caminhou um pouco e horas depois voltou a deitar-se.

El Pibe, era seguido por um psicólogo, uma psiquiatra e uma assistente pessoal, que estranharam a ausência dele para tomar um medicamento ao meio-dia.

Quando a enfermeira foi tentar acordá-lo, encontrou-o já desmaiado. Nove ambulâncias foram enviadas ao local, mas já nada havia a fazer.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

gosto

Pág. 1/6