Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

19
Nov20

Hotel em Paris vai acolher 45 sem-abrigo

Um hotel de Paris, na França, vai oferecer 45 camas da sua unidade hoteleira para acolher sem-abrigo, durante um ano.

Esta oferta foi disponibilizada à associação Emmaus Solidaire, a qual apoia diariamente 5 mil pessoas com dificuldades na região. Bruno Morel, diretor-geral da associação, afirma que era impossível recusar.

Assim, o hotel Avenir Montmartre já está de portas abertas para receber os seus novos inquilinos. Para isso, tornou a sua sala de pequenos-almoços num refeitório e afixou nas paredes as várias regras de segurança a cumprir por causa da vaga da pandemia de Covid-19.

“Tudo foi pensado de acordo com o protocolo de saúde”, garante Bruno Morel, referindo o perfil de pessoa que será alojada no hotel.

“Estamos a falar com um público masculino, com cerca de quarenta anos de idade, alguns dos quais sofreram grandes ruturas sociais e familiares ou tiveram experiências traumáticas de exílio, e cuja saúde é por vezes frágil, daí a presença regular de uma enfermeira. Alguns deles trabalham em segurança, construção ou eram empregados de mesa… São pessoas que estão determinadas a encontrar soluções”, afirma ao Le Parisien..

O responsável considera que esta é uma ajuda essencial sobretudo numa altura em que se aproxima o inverno e em que se vive numa realidade muito diferente.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

18
Nov20

Barack Obama lança livro onde fala de outros presidentes

Pete Souza, The Obama-Biden Transition Project, CC BY 3.0 , via Wikimedia Commons

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, lançou um livro onde revela retratos divertidos, e por vezes mordazes, dos seus antigos homólogos.

‘Uma terra prometida’ (A Promise Land), teve o primeiro volume publicado simultaneamente em 25 línguas através do mundo.

*** Nicolas Sarkozy ***

“Sarkozy, pelo contrário, era profundamente emotivo e com observações hiperbólicas. Com a sua pele bronzeada e os seus traços expressivos, vagamente mediterrânicos (o seu pai era húngaro, a sua avó materna judia grega), e de pequena altura, (media cerca de 1,66 metros, mas usava tacões para aumentar a altura), diríamos ser um personagem saído de um quadro de Toulouse-Lautrec. Apesar de proveniente de uma família abastada, reconhecia muitas vezes que as suas ambições eram em parte alimentadas pelo sentimento de ter sido um estrangeiro durante toda a sua vida”.

*** Vladimir Putin ***

“Fisicamente, não tinha nada de excecional: pequeno e musculado — uma envergadura de lutador — um fino cabelo louro-ruivo, um nariz saliente, os seus olhos claros e vigilantes. Enquanto trocávamos algumas civilidades, notei nele uma certa desenvoltura, uma indiferença exercida pela sua voz, indicando que tinha o hábito de estar rodeado por subordinados e solicitadores. Era um homem acostumado ao poder”.

*** Benjamin Netanyahu ***

“Armado como um jogador de rugby, com um maxilar quadrado, traços volumosos e uma calvície que cobria com mechas de cabelos cinzentos, Netanyahu era inteligente, hábil, duro, e exprimia-se com fluência em hebreu como em inglês”.

“Netanyahu sabia ser charmoso, ou pelo menos deferente, quando se deparava com uma vantagem”.

“Mas a imagem que tinha se si próprio, a de grande defensor do povo judeu contra todas as calamidades, permitiam-lhe justificar quase tudo o que poderia mantê-lo no poder — e, através do seu conhecimento da política e dos media americanos, estava convencido de poder resistir a todas as pressões de um governo democrata como era o meu”.

*** Angela Merkel ***

“Merkel tinha grandes olhos azuis claros, nos quais podíamos ler em diversos momentos a frustração, o divertimento, ou uma suspeita de tristeza. Por outro lado, a aparência impassível refletia a sua sensibilidade pragmática e analítica”.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

17
Nov20

Hoje é o Dia Mundial do Não Fumador

O Dia Mundial do Não Fumador é comemorado a 17 de novembro.

A data pretende sensibilizar as populações para os factores de risco associados ao consumo de tabaco e divulgar as formas mais eficazes para deixar de fumar. É assim um dia de reflexão mas também de ação, podendo ser o dia ideal para se decidir a deixar de fumar.

Sabia que…

  • O tabaco é a primeira causa de doença possível de se prevenir?
  • Por cada cigarro fumado perdemos em média 8 minutos de vida?.
  • No total, um homem fumador está a arriscar perder cerca de 13 anos de vida, enquanto uma mulher perde cerca de 15 anos de vida?
  • O tabagismo mata mais de 8000 pessoas em Portugal, das quais cerca de 4000 por doenças cardiovasculares?
  • Devido ao tabaco, morrem mais pessoas por doença cardiovascular do que por cancro?
  • Mais de um terço das mortes por doença cardiovascular é devido ao fumo do tabaco?
  • Os fumadores têm 2 vezes mais probabilidade de ter um ataque cardíaco e um acidente vascular cerebral e 5 vezes mais probabilidade de sofrer uma morte súbita?
  • Os fumadores adolescentes têm mais probabilidade de ter ataques de pânico, ansiedade e depressão.
  • Cerca de 30% dos fumadores adolescentes vão continuar a fumar e vão morrer mais cedo e mais doentes, com uma doença relacionada com o tabaco.
  • As outras formas de fumar, hookah e shisha, mesmo o cigarro eletrónico, contêm elevadas concentrações de tóxicos, como o monóxido de carbono, a nicotina, alcatrão, metais pesados e, no caso dos eletrónicos, o propileno glicol, tão ou mais elevadas que no tabaco.

Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

16
Nov20

Está triste? Oiça aqui as músicas ideais para ficar de bom humor!

Com o objetivo de alegrar a população, o neurologista holandês Jacob Jolij elaborou uma fórmula que permite determinar quais as canções que mais deixam as pessoas felizes.

Todas elas possuem um ritmo entre 140 e 150 BPMs (mais que a canção pop “típica”, que tem em média 118 BPMs), o que, combinado com as letras e o tom, fazem delas as canções mais “fixes” para serem ouvidas.

Confira aqui a lista:

1. Queen, ‘Don’t Stop Me Now’

 

2. ABBA, ‘Dancing Queen’

3. Beach Boys, ‘Good Vibrations’

4. Billy Joel, ‘Uptown Girl’

5. Survivor, ‘Eye of the Tiger’

6. The Monkees, ‘I’m a Believer’

7. Cyndi Lauper, ‘Girls Just Want to Have Fun’

8. Bon Jovi, ‘Livin’ on a Prayer’

9. Gloria Gaynor, ‘I Will Survive’

10. Katrina and the Waves, ‘Walking on Sunshine’

Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

15
Nov20

Hoje é o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada

O Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada comemora-se todos os anos no terceiro domingo de novembro Este ano, o dia é a 15 de novembro.

O objetivo deste dia é lembrar aqueles perderam a vida ou a sua saúde nas estradas e ruas do país, assim como tentar prevenir o acontecimento de mais acidentes e o registo de mais vítimas na estrada.

Neste dia, também se prestam louvores aos profissionais que diariamente lidam com esta trágica realidade, tais como os polícias, as equipas de emergência e os restantes profissionais médicos.

Origem e História do Dia Mundial das Vítimas da Estrada

A celebração anual do Dia Europeu em Memória das Vítimas da Estrada começou em 1993, pela mão da Federação Europeia de Vítimas da Estrada (FEVR).

Em 2002, o Papa João Paulo II, promoveu este dia Dia Europeu a Dia Mundial, dado o número alarmante de mortes. Já em 2005, a Assembleia Geral da ONU aprovou a adoção oficial do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada, tal como é celebrado hoje em dia.

Dados de Desastres Rodoviários

Segundo a Organização Mundial de Saúde, morrem todos os anos 1,2 milhões de pessoas na estrada e que 50 milhões de pessoas ficam feridas no mesmo período. Caso não haja alterações na forma de encarar esta realidade, em 20 anos este número trágico aumentará em 65%.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

gosto botão