Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Radio TugaNet

Uma Radio Com Gente Dentro Na Web Desde 2002 Estudios em Londres

Rádio TugaNet

10
Mai20

Covid-19: Reabertura progressiva no Reino Unido mas medidas de prevenção são para cumprir

tower-bridge-1237288_1280.jpg

 

Boris Johnson anunciou, hoje, que algumas das medidas restritivas impostas vão mudar.

Para começar, é preciso que haja a redução “consistente e considerável” da taxa de contágio (trata-se do número médio de pessoas que alguém infetado pode contagiar), que se encontra nesta altura abaixo de um no Reino Unido, mais precisamente entre os 0.5 e os 0.9. 

Outros dos objetivos que Boris Johnson quer, são a queda “consistente” da taxa de mortalidade, a garantia de que as pessoas que precisam de equipamento de proteção individual vão recebê-lo e a proteção do NHS, o serviço de saúde britânico. 

“Embora tenhamos feito progressos para satisfazer pelo menos uma das condições que eu pedi. Nós não cumprimos, de forma alguma, todos elas. E sendo assim, não, não é a altura de acabar o confinamento esta semana. Ao invés, vamos dar os primeiros passos para alterar as medidas”, frisou o primeiro-ministro do Reino Unido. 

O governo vai estabelecer um novo sistema de alerta da Covid que será determinado nomeadamente pela taxa de contágio e pelo número de casos. Este sistema vai ser composto por cinco níveis. O Nível Um significa que a doença já não está presente no país e o Nível Cinco, o mais grave, significa que o NHS foi sobrecarregado. 

Vai haver o regresso ao trabalho de quem não consegue trabalhar a partir de casa, tendo o primeiro-ministro dado o exemplo dos funcionários da construção ou fabris. 

Boris Johnson também revelou mudanças nas regras para quem pratica exercício físico ao ar livre. O primeiro-ministro referiu que os cidadãos poderão passar mais tempo a praticar exercício físico ao ar livre e poderão fazê-lo com mais frequência. Só o poderão fazer com membros do seu agregado familiar e deve ser respeitado o distanciamento social.

Quem não cumprir as novas regras vai ter multas bem altas! 

As escolas e lojas poderão reabrir a partir do dia 1 de junho. 

Noticia adaptada do site noticias ao minuto

gosto botão